segunda-feira, agosto 21, 2017

O que é o amor



Que me perdoe Camões mas o amor não é fogo que arde sem se ver, o amor é aquele sol que aquece a nossa pele em um dia de inverno, ou o calor do cobertor que nos abraça.
O amor não é ferida que dói e não se sente, ele é a cura de todas as feridas, é um alivio para todas as dores da alma.
O amor não é um contentamento descontente, é uma felicidade constante, por saber que mesmo tendo um dia ruim, alguém te faz sorrir fim dele.

Amor não é status, não é luxuria, não é encantamento.

Amar é sim desejar, mas desejar o bem seja ele qual for e esteja ele onde estiver.
Amar é se apaixonar pelos defeitos, pelos trejeitos, pelo jeito confuso de ser ou pelo jeito estranho de se vestir.
Amar é não ter que se preocupar em se envergonhar, não pensar no cabelo desgrenhado ao acordar ou com a sua fome de leão.
Amar é quando você se cansa de transar, e ainda quer estar ali para conversar, ou mesmo para em silencio sentir o outro respirar.
Amar é dizer repetidamente "Eu te Amo" não só com palavras, mas com gestos singelos todos os dias, porque você não quer que a pessoa se esqueça.
Amar é fazer pelo outro aquilo que ele não pode fazer por si mesmo, mesmo que isso as vezes signifique dizer palavras duras ou fazer por ele aquilo que ele nem sabe ainda que precisa.
Amar é estar distante e ainda se fazer presente, não por obrigação, mas porque o coração é insistente.

Amar não te exige, não te causa dor.

Amar é se sentir amado, é se sentir acolhido.

Amor é reciproco, quando não é, não é amor.

quarta-feira, agosto 16, 2017

Efeito borboleta das escolhas



"No caso das borboletas, o bater de assas de uma delas em um determinado lugar do mundo pode gerar uma movimentação de ar que, intensificada, desencadearia a alteração do comportamento de toda a atmosfera terrestre, para sempre. Parece loucura, mas acontece todos os dias, e chamamos de acaso."
(Teoria do Caos - Efeito Borboleta)

domingo, janeiro 01, 2017

Não se prenda a situações fracassadas



 2016 me ensinou que sou completa!